Fevereiro de 2007 foi o mais quente em 3 anos em SP

O mês de fevereiro deixou como marca o registro do mais quente dos últimos três anos em São Paulo. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a média da temperatura máxima na Capital em fevereiro foi de 29,9ºC, dois graus acima da média histórica para o mês, que é de 27,9ºC. Em comparação com fevereiro do ano passado (média de 28,7ºC), ficou 1,2 grau acima, e 1,7 grau superior a média de 2005, que foi de 28,2ºC. Estes dados mostram que a média da temperatura máxima na capital paulista em fevereiro oscilou sempre acima da média, e vem sendo crescente desde 2005, o que aponta uma elevação de temperatura a cada ano. Foi em fevereiro de 2007, no dia 23, que a cidade de São Paulo verificou a maior temperatura deste verão e do ano. Na ocasião o termômetro da estação do Mirante de Santana do Inmet atingiu a casa dos 33,2ºC. Para o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura, o dia 25 foi considerado o mais quente, data em que a estação meteorológica do CGE instalada na subprefeitura do Jaçanã/Tremembé, marcou 35,1ºC. Entretanto, o mês de fevereiro também registrou os dias mais frios do ano. No dia 23 de fevereiro o Inmet registrou 15,5ºC, já a estação do CGE instalada na subprefeitura de Parelheiros, teve como recorde de temperatura mais baixa o dia 4 de fevereiro, com 14,0ºC. Segundo dados do Inmet, a média da temperatura mínima no mês (19,7ºC) não bateu a marca de fevereiro de 2006, que foi de 20,2ºC, mas ficou acima da de 2005 (18,1ºC). A Inmet informa que a média histórica de temperatura mínima no mês na capital é de 18,7ºC. Em fevereiro, nos últimos três anos, de acordo com o Inmet, a mínima ficou abaixo da média apenas em 2005, elevando em 2006 e 2007. Por sua vez, se fevereiro deste ano foi o mais quente, entre 2005 a 2007, janeiro não teve calor superior ao do mesmo período do ano passado e empatou com 2005. O primeiro mês deste ano registrou média de temperatura máxima de 27,4ºC, a mesma vista em 2005, enquanto o mesmo mês de 2006 teve média de 29,7ºC. A média histórica no mês de janeiro de temperatura máxima, segundo o Inmet, é de 27,6ºC. Em janeiro de 2006 a média da temperatura mínima (20ºC) também superou 2005 e 2007, que atingiram 19,7ºC e 19,9ºC, respectivamente. A média histórica para a mínima é de 18,5ºC. Com base nas médias dos últimos três anos os dados mostram que o mês de janeiro vem registrando mínimas superiores à histórica. ChuvasO mês de janeiro, que é, segundo o CGE, historicamente o período mais chuvoso ao longo do ano, vem invertendo esta história com o volume de chuvas verificado no mês de fevereiro. O mês de fevereiro deste ano, além de o mais quente dos últimos três anos, também foi o mais chuvoso.De acordo com o CGE, choveu em média 211,3 milímetros (mm), bem próximo da média climatológica para o período, que é de 217 mm. O número é bem superior aos de 2006 e 2005, quando choveu em média 135,9 mm e 116,2 mm, respectivamente. Enquanto isso, em janeiro, que tem média histórica de 239 mm, neste ano choveu em média apenas 131,2 mm. "Houve um déficit de 45% para atingir a média", avalia o técnico em meteorologia do CGE da Prefeitura de São Paulo, Adilson Nazário. E acrescenta: "Os números se inverteram nestes últimos três anos." As quedas neste mês vem sendo consecutivas. Em janeiro de 2005 a média foi de 290,2 mm, caindo para 277,8 mm, e chegando ao nível bem abaixo da média em 2007. Incógnita Para o técnico do CGE, o mês de março é "uma incógnita". Isso porque durante este período no ano passado a média foi de 341,6 mm, sendo que a média histórica é de 160 mm, o que corresponde a um crescimento de 213,5% no volume de chuvas. De acordo com Adilson Nazário, em uma dia de março do ano passado (29) choveu 73,3 mm. "É quase a metade do que era esperado para o mês. O mês de março do ano passado surpreendeu. Dos 31 dias disponíveis, choveu em 25 dias", conta o técnico do CGE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.