FHC aparece na tela para pedir voto em Aloysio

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, apareceu ontem pela primeira vez na televisão, durante horário eleitoral político, para apoiar um candidato tucano.

Ivan Fávero, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2010 | 00h00

O escolhido foi Aloysio Nunes Ferreira, que concorre a uma das duas vagas no Senado pelo Estado de São Paulo.

A aparição contrariou expectativas de quem achava que a imagem de FHC seria vinculada ao candidato a presidente José Serra ou ao candidato ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin.

No vídeo de 53 segundos, Fernando Henrique Cardoso relembrou a época da ditadura militar (1964-1985), em que ao lado de Aloysio Nunes Ferreira lutou pela redemocratização do País.

Elogios sobre a competência e poder de oratória do candidato foram utilizados pelo ex-presidente. "Ele fala bem, ele defende causas, ele é claro, ele é corajoso", disse no programa da TV.

Referindo-se a Aloysio Nunes apenas pelo primeiro nome, FHC afirmou que o candidato foi "um grande parlamentar" e, por isso, o chamou para ser ministro da Casa Civil e titular do Ministério da Justiça.

Para finalizar sua argumentação no horário eleitoral, FHC disse duas vezes que não há ninguém melhor que Aloysio Nunes para representar São Paulo no Senado da República.

Em seguida, no mesmo programa, José Serra também deu seu apoio a Aloysio Nunes, ressaltando que o candidato foi seu "braço direito" durante o governo de São Paulo. Candidato ao governo do Estado, Geraldo Alckmin foi na mesma linha, pedindo votos para o colega de partido e para a coligação Unidos Por São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.