FHC aposta em derrota de Lula e vitória de Serra e Aécio

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso voltou a afirmar neste domingo que não aposta na reeleição de Lula. "O Lula vai perder nas urnas", emendou. E disse também que aposta nas vitórias dos correligionários José Serra, em São Paulo, e Aécio Neves, que disputa a reeleição pelo governo de Minas Gerais. "O Serra vai dar uma lavada e o Aécio deu um show de administração."Em rápida entrevista após acompanhar a votação de Serra, FHC disse que seu partido, o PSDB, deverá sair reformulado dessas eleições. "Acredito que o PSDB vai sair revigorado, mas tem que assumir uma posição mais clara para o país com uma ligação mais forte com os movimentos sociais e com a sociedade", destacou após Ele destacou também que seu partido nunca deixou de colaborar com Lula "quando ele foi sério" e citou como exemplo o apoio dos tucanos à Reforma da Previdência. "Agora, o PSDB não acompanhou Lula quando o partido dele fez o mensalão", alfinetou.Ainda criticando Lula, FHC disse que foi seu governo quem fez os programas sociais que o petista afirma serem dele. "Fui eu quem fiz os programas sociais e o Lula diz que são dele?", ironizou. Na avaliação do ex-presidente tucano, o governo Lula deu a esses programas apenas um enfoque assistencialista e não de promoção social.A respeito do PSDB, Fernando Henrique acredita que o povo brasileiro "irá perceber que o verdadeiro programa que interessa ao país" é o de sua legenda. Mas voltou a pregar uma reformulação no partido: "é preciso (que o PSDB) se enraíze com a sociedade." O tucano disse ainda que nas localidades onde o PMDB vai ganhar as eleições, é preciso deixar claro que "é o PMDB que apóia o Geraldo (Alckmin) e não o PMDB que apóia Lula."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.