Filha mantém mãe acorrentada em cama no interior de SP

A comerciante Rosana Pereira dos Santos, de 30 anos, foi presa em flagrante por manter a própria mãe em cárcere privado. Moradora de Monte Azul Paulista, na região de Ribeirão Preto, Rosana foi presa na quinta-feira, 5. A lavradora Maria das Dores Pereira, de 49 anos, mãe de Rosana, telefonou à Polícia Militar e disse que tinha sido acorrentada na cama pela filha. Chegando à casa, a PM verificou que Maria das Dores estava acorrentada, com dois cadeados, numa das pernas, a uma cama de casal. Rosana justificou que tomou a medida para evitar que a mãe continuasse ingerindo bebidas alcoólicas. A comerciante foi levada para a delegacia da cidade e depois para a Cadeia Feminina de Terra Roxa.

Agencia Estado,

10 Abril 2007 | 14h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.