Filha mata o pai depois de briga, em São Paulo

O motorista Wilson Santiago, de 40 anos, foi assassinado com uma facada pela própria filha, a estudante A.M.S., de 17 anos, na noite de segunda-feira, em São Paulo. Familiares disseram que Santiago estava muito estressado com o trabalho e na segunda-feira deveria ter realizado exames psicológicos na empresa em que trabalhava, mas não os fez. O crime aconteceu depois que pai e filha discutiram. A.M.S. levou um tapa no rosto e revidou com uma faca, atingindo o pai no lado esquerdo do peito. A mulher do motorista estava na sala e, ao chegar à cozinha, encontrou o marido caído. Santiago ainda foi levado com vida para o pronto-socorro do Hospital Bandeirantes, mas não resistiu. A estudante fugiu e continua sendo procurada. O caso foi registrado no 51º Distrito Policial, do Butantã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.