Filho de Antonio Ermírio de Moraes morre em São Paulo

Velório será realizado na Beneficência Portuguesa e o enterro ocorre às 15h30 no Cemitério São Paulo

Ricardo Valota, da Central de Notícias,

06 Agosto 2009 | 05h01

O empresário Mário Ermírio de Moraes, 51 anos, morreu às 19h30 da quarta-feira, 5, no Hospital São José, da Real e Benemérita Associação Portuguesa de Beneficência, na região centro-sul de São Paulo.

 

Mário, que era filho do empresário Antônio Ermírio de Moraes, dono do Grupo Votorantim, estava internado desde a última segunda-feira. Ele sofria havia dois anos de câncer no sistema linfático.

 

Mário estava à frente de uma empresa não ligada ao Grupo Votorantim e chegou a fazer tratamento contra a doença nos Estados Unidos. O velório do empresário ocorre nesta quinta-feira, 6, a partir das 6h30, na Beneficência Portuguesa. O enterro será realizado às 15h30 no Cemitério São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.