Filho de delegada é detido por furto e estelionato em SP

Três jovens foram detidos em flagrante na manhã deste domingo após terem furtado cartões de crédito, dinheiro, um talão de cheque e dois talões de tíquete-refeição da bolsa de uma mulher na boate Mondo, na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo. Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, um dos acusados é filho de uma das diretoras do Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro), com sede em Pinheiros, na zona oeste da capital. O grupo foi preso por volta das 8h na Praça Arnaldo Mota, na Vila Rosália, em Guarulhos, Grande São Paulo, quando um dos rapazes passava mal. Os policiais desconfiaram dos jovens e os revistaram. Com eles, foram encontrados os objetos roubados. Segundo a polícia, após o furto, os rapazes deixaram a boate e saíram gastando o dinheiro da vítima. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Guarulhos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.