Filho de empresário é libertado após seis dias seqüestrado

Mário Sérgio Garcia, de 53 anos, filho de um empresário dono da rede de papelarias Kalunga, foi libertado na madrugada deste sábado do cativeiro em São Roque, no interior de São Paulo. Garcia havia sido seqüestrado na noite de domingo, 17, quando os bandidos invadiram o haras da família. Depois de uma semana de negociação com os seqüestradores, o valor exigido foi pago. Ele foi solto a poucos quilômetros do haras. O refém estava muito debilitado e foi levado para o Hospital Sírio Libanês, na capital. Ele passou por uma bateria completa de exames e seu estado de saúde é bom. Os bandidos não foram presos.Outro seqüestro também terminou na noite de sexta-feira. Marcos Vinícius Coelho da Silva e Camila Gabriele da Silva Henrique, sobrinhos de Sandro Coelho, vocalistas do grupo de pagode Swing & Simpatia, foram libertados depois de ficarem 20 dias nas mãos da quadrilha. Os dois foram soltos no quilômetro 34 da Rodovia Rio-Magé, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Agencia Estado,

23 de dezembro de 2006 | 14h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.