Filho manda matar pais para receber herança e também é assassinado

Homem teria planejado as mortes para ficar com a casa onde moravam, no valor de R$ 15 mil; assassinos teriam matado filho para ficar com a sua parte do dinheiro

Solange Spigliatti, estadão.com.br

22 de setembro de 2010 | 16h56

SÃO PAULO - Nilson Gomes Lelis, de 43 anos, foi morto na semana passada, junto com seu pai Antônio Alves de Andrade, de 80 anos, e de sua mãe, Maria das Dores Gomes de Andrade, 73 anos, na cidade de Paulista, na região metropolitana de Recife, em Pernambuco. Nilson teria planejado a morte dos pais para receber como herança a casa onde moravam, que seria vendida pela quantia de R$ 15 mil.

 

Segundo a polícia, os três assassinos contratados resolveram matar também Nilson para ficar com a parte dele do dinheiro. Os corpos foram encontrados por volta das 10h de hoje e encaminhados para o Instituto Médico Legal do Recife (IML). O crime aconteceu no último dia 15, no bairro de Engenho Maranguape.

 

Três pessoas foram presas nesta terça-feira, 21, entre elas Roberto Portela Reis, de 42 anos, após denúncia, segundo informações da polícia. Os outros dois estão sendo ouvidos na tarde de hoje pelo delegado responsável pelo caso, que aguarda decisão do juiz para decretar a prisão dos suspeitos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.