Filhote de baleia encalha em Olinda

Um filhote de baleia da espécie Jubarte, medindo cerca de cinco metros, encalhou nesta manhã na praia do Bairro Novo, município metropolitano de Olinda, só conseguindo ir para o alto-mar depois da ajuda de uma equipe do Corpo de Bombeiros e de moradores da área. De acordo com a assessoria de imprensa dos bombeiros, a baleia se machucou e foi tratada por uma equipe da Fundação Mamíferos Aquáticos, com sede na Ilha de Itamaracá, no litoral norte. "Ela parecia estar apenas desnorteada, como se tivesse perdido o seu rumo", afirmou o assessor de imprensa do Corpo de Bombeiros, major Lamartine Barbosa. "De acordo com as primeiras informações, os bombeiros levaram um bote inflável e se posicionaram junto dela. Quando a embarcação se deslocou em direção ao alto-mar, ela simplesmente seguiu e retomou o seu caminho".Segundo Barbosa, o animal é da espécie Jubarte, em extinção, que costuma passar pelo litoral brasileiro em período de reprodução. A equipe da Fundação Mamíferos Aquáticos não chegou a ver a baleia. Ao chegar no local, ela já havia sido reintroduzida pelos bombeiros. Foi possível identificar a espécie do animal - Jubarte - através das filmagens que haviam sido realizadas pela TV Globo. De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação, o animal sofreu apenas arranhões naturais neste tipo de episódio.Matéria alterada às 15h14 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.