Filhote de baleia Jubarte morre no Ceará

Amanheceu morto hoje, às 4 horas, o filhote de baleia da espécie jubarte que havia encalhado ontem, na Praia do Futuro, em Fortaleza. Ambientalistas passaram 12 horas tentando salvá-lo. As tentativas de devolução da baleia, que media cerca de quatro metros, ao mar, mobilizaram o Corpo de Bombeiros, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), helicópteros da Polícia Militar e a Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis). Às 21h30 de ontem, homens do Corpo de Bombeiros conseguiram levar a baleia para além da arrebentação e ela retornou ao mar. Mas como estava muito debilitada, com uma inflamação em um dos olhos, acabou não resistindo. Segundo o técnico do Centro de Reabilitação de Mamíferos Marinhos, da Aquasis, Joaci Araújo, esse tipo de baleia não é comum no Ceará. Nos últimos dez anos foram registrados apenas três casos de encalhe de jubarte no litoral cearense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.