Filhotes de jacaré são furtados em zôo de Sorocaba

Quatro filhotes de jacaré, duas tartarugas e seis cobras foram furtados hoje do Parque Zoológico Municipal "Quinzinho de Barros", de Sorocaba. O furto foi percebido pelos funcionários do zôo quando foram tratar os animais. Eles encontraram arrombados os recintos que abrigavam os bichos furtados. As cobras foram retiradas da Casa dos Répteis, recinto que abriga também aracnídeos. Até a tarde de hoje não havia suspeitos. Segundo a direção do zoológico, os animais têm pouco valor comercial, o que reduz a possibilidade de que se destinem ao tráfico. O zôo está abrigando provisoriamente 40 araras azuis apreendidas há duas semanas por fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) em um criatório clandestino, em Itu. O recinto dessas aves, muito valorizadas no mercado ilegal do tráfico, não foi atacado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.