Financial Times destaca falta de metas no programa de Lula

O jornal Financial Times afirma que o programa de governo para um eventual segundo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, "com exceção das promessas de elevar o investimento na economia de 21% para mais de 25% e de aumentar o salário mínimo mais do que a taxa inflacionária, não ofereceu metas e propostas concretas".Segundo o jornal, o presidente do PT, Ricardo Berzoini, ao relatar a jornalistas detalhes do programa, nesta terça-feira, 29, disse que um segundo governo Lula pretende "continuar com o processo de mudanças" adotadas desde janeiro de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.