Divulgação
Divulgação

Fiscais acolhem 64 pessoas em ação contra o crack no Rio

Ação percorreu a Central do Brasil, Rodoviária Novo Rio, Viaduto dos Marinheiros, entre outros locais

estadão.com.br,

29 de maio de 2012 | 17h00

SÃO PAULO - A Prefeitura do Rio de Janeiro acolheu 64 pessoas - 53 adultos e 11 adolescentes - na manhã desta terça-feira, 29, durante uma operação para retirada de população em situação de rua e de combate ao crack, no centro.

O trabalho foi realizado por 20 funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). As equipes percorreram o entorno da Central do Brasil, Rodoviária Novo Rio, além das regiões da Avenida Presidente Vargas e do Viaduto dos Marinheiros.

Os adultos serão encaminhados para o abrigo de Paciênciae as crianças e os adolescentes para a Central de Recepção Carioca, no centro.

Os acolhidos que forem identificados com alto grau de comprometimento com a dependência química serão conduzidos para tratamento em uma das quatro unidades de abrigamento compulsório.

Mais conteúdo sobre:
crackprefeitura do Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.