Fiscal é preso extorquindo camelô

O fiscal da Prefeitura de São Paulo André Aluizio Alves, de 37 anos, foi preso às 18h30, ao extorquir R$ 30,00 do ambulante Natalino Oliveira Santos, na Rua Dr. Cesar, em Santana, zona norte da cidade.O delegado da Ouvidoria do Município, Luiz Antonio Rezende Rebello, disse que o dinheiro, xerocopiado anteriormente, foi encontrado no bolso de Alves no ato da prisão. Segundo o delegado, o funcionário trabalha há 11 anos como fiscal e presta serviços na Administração Regional de Santana há dois meses.Desde abril, Alves vinha exigindo a quantia semanal de R$ 30,00 da vítima. A extorsão começou quando Santos montou sua banca onde anteriormente havia um ponto de ônibus. Como o ambulante, vendedor de brinquedos, não tinha dinheiro suficiente para pagar a propina, o fiscal ameaçou retirar a banca nesta sexta-feira, caso os R$ 30,00 não fossem pagos.A vítima denunciou o caso ao Sindicato dos Permissionários (Sinpesp), que o levou à Ouvidoria Geral do Município. Nesta sexta, com o apoio do guarda civil Gilberto Paixão, o delegado fez o flagrante.De acordo com Rebello, não há como saber se Alves pertence à máfia dos fiscais, que atua na cidade. Nos três meses de funcionamento da Ouvidoria Municipal, foram feitas cerca de 3 mil denúncias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.