Flanelinha perde controle de carro, mata uma pessoa e fere 3 no Rio

Identificado como William, o responsável pelo acidente estaria alcoolizado e continua foragido

estadão.com.br,

18 Novembro 2011 | 02h34

SÃO PAULO - A polícia está à procura, desde às 20 horas de quinta-feira, 17, por um flanelinha, identificado ainda apenas como William, apontado por testemunhas como responsável por um acidente automobilístico que resultou na morte de uma pessoa e ferimentos em outras três na Rua Almirante Gonçalves, no bairro de Copacabana, na zona sul do Rio.

 

Segundo o que testemunhas disseram ao delegado Bruno Gilaberte, da 13ª DP, localizada na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, em Ipanema, o flanelinha, visivelmente alcoolizado, assumiu a direção de um Citroën Xsara, placas ANS 3990, com câmbio automático, e que, ao perder o controle do carro, bateu violentamente contra uma Kombi, que foi lançada na direção de um grupo de pessoas reunidas ao redor de uma mesa, numa praça. As vítimas jogavam cartas.

 

Marcus Cleyton Mussi Ferreira, de 61 anos, que estava em pé, foi prensado contra a mesa e morreu na hora. Josseph Carlos Santos Reis, de 53 anos, Linaldo Rocha Coelho, 50, e Matias Pereira, de 34 anos, foram atendidos no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon. Segundo o delegado Bruno, o flanelinha, caso seja preso, será autuado por homicídio culposo, lesão corporal culposa, omissão de socorro e exercício ilegal da profissão.

 

O dono do Citroën, segundo a polícia, mora próximo do local onde ocorreu o acidente e também poderá responder criminalmente caso o flanelinha não tenha habilitação. Essa não teria sido a primeira vez que o proprietário do carro deixou o veículo nas mãos de William.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.