Florianópolis fará primeiro desfile carbon free

A prefeitura de Florianópolis anunciou que a capital catarinense terá pela primeira vez um desfile de escolas de samba ecologicamente sustentável. Por meio do projeto Carnaval 2008 Carbono OK, ela se dispõe a neutralizar a emissão de dióxido de carbono potencialmente gerado pelo evento com o plantio de 4 a 6 mil mudas de árvores nativas da mata atlântica. O reflorestamento será realizado em áreas degradadas da ilha por integrantes das quatro escolas de samba da cidade.O carnaval carbon free foi planejado para dar continuidade a um projeto da Fundação Municipal do Meio Ambiente de Florianópolis, que levou ao plantio de cerca de 2 mil árvores nos últimos meses. Com a chegada do carnaval, a prefeitura contratou uma empresa para calcular quantas árvores deverão ser plantadas.De acordo com o secretário de Cultura de Florianópolis, Mário Cavallazzi, a ação tem um valor muito mais pedagógico do que ambiental. "Esperamos que o Carnaval 2008 Carbono OK possa inspirar outras administrações a também seguirem esse caminho da preservação ambiental." Além da iniciativa da prefeitura, o carnaval ecologicamente correto estará presente no desfile da Unidos da Coloninha, cujo tema é Planeta Terra: Amor e Vida. Dilmo da Silva é vice-presidente da Velha Guarda e começou há alguns meses a comprar mudas e a distribuí-las. "Estamos todos envolvidos nesse trabalho de conscientização, para que nossos netos possam desfrutar, no futuro, dessa terra maravilhosa que temos. Tudo o que vem para o bem do meio ambiente vem para o bem de todos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.