Fogem 16 presos em Goiânia

Um grupo de 16 presos fugiu da Casa de Prisão Provisória de Goiânia, no domingo. Nesta segunda-feira, mais de 300 homens das polícias militar e civil caçavam o grupo. À tarde, um dos fugitivos foi localizado pela polícia e acabou morto a tiros. Até as 19 horas de sta segunda o nome dele ainda não havia sido divulgado.A fuga acaba com o mito de que a Casa de Prisão Provisória de Goiânia (CPP) é à prova de fugas. Na época de sua inauguração, o governo estadual vangloriava-se de que era impossível fugir da CPP.A ação dos presos começou por volta das 21 horas de domingo, quando eles estavam sendo trancados nas celas. Armados de revólveres renderam o carcereiro Sérgio Vitoriano da Conceição e usaram-no como refém. Segundo o delegado José Pinheiro, diretor da CPP, no momento em que o guariteiro desceu do posto, ouviu o barulho dos presos pulando os alambrados do presídio. Ele então retornou à guarita, disparou um tiro de fuzil e entrou em pãnico, sem nada fazer para evitar a fuga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.