Fogo destrói ao menos 30 barracos em favela de Porto Alegre

Corpo de Bombeiroslevou quase duas hora para controlar incêndio na Vila Chocolatão, no centro da capital

Elder Ogliari, O Estado de S.Paulo

26 de janeiro de 2009 | 16h33

Um incêndio destruiu pelo menos 30 casebres da Vila Chocolatão, uma favela encravada entre os edifícios do Incra, Receita Federal e Justiça Federal e o Parque da Harmonia, na região central de Porto Alegre, na tarde desta segunda-feira, 26. Os bombeiros levaram quase duas horas para controlar as chamas porque tiveram seu trabalho prejudicado pelo acesso difícil, feito por passagens estreitas e labirínticas, pelo calor e pelo vento. Mesmo assim evitaram que o fogo chegasse a outros 70 barracos dos arredores.   Nenhum dos moradores dos casebres queimados ficou ferido. A prefeitura ofereceu hospedagem provisória no ginásio Tesourinha e num centro de eventos do Parque Harmonia. Os desabrigados indicaram que preferiam ir para a casa de parentes ou amigos até conseguirem reconstruir seus barracos.   Até o início da noite os bombeiros ainda não sabiam as causas do incêndio, mas acreditavam que o fogo se espalhou rapidamente porque o local tinha muito papel e lixo acumulados, além de casebres muito próximos.   Atualizado às 19h53 para acréscimo de informações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.