Fogo na Pedra da Gávea mobiliza bombeiros no Rio

Um foco de incêndio na mata da Pedra da Gávea, na zona sul do Rio, mobilizou dezoito bombeiros e um avião da Defesa Civil, que despejou pelo menos 34 mil litros de água na área. O fogo foi controlado após três horas de trabalho do Grupamento de Socorro Florestal e Meio Ambiente. Não houve feridos. Como a região era de difícil acesso, o Corpo de Bombeiros usou a aeronave, que até o início da noite havia realizado onze lançamentos de jatos de água. "O vento lá em cima é muito forte. Tinha gente soltando fogos lá de madrugada", comentou o sub-comandante do Corpo de Bombeiros, Marcos Silva. Os bombeiros demoraram a ser notificados do fogo e o combate começou à tarde. "Quem fazia trilha disse ter visto um grupo de pessoas soltando fogos na pedra. Aí cai uma fagulha no mato e o fogo começa a se propagar", explica. Ele disse ainda que "várias pessoas que excursionavam pelo local" desceram às pressas e reclamaram que se intoxicaram com a fumaça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.