Folião morre eletrocutado durante desfile em Manaus

Um homem morreu eletrocutado e quatro pessoas ficaram feridas com queimaduras de segundo grau durante o desfile das escolas de samba por volta das 23h30 de sábado, no Sambódromo de Manaus. Roberto Piedade, de 33 anos, era da ala de harmonia da escola Vitória Régia e ajudava a empurrar um carro alegórico no fim do desfile quando um fio de alta tensão atingiu o veículo, matando-o na hora e ferindo outras pessoas próximas ao carro. A escola seguinte, a Grande Família, desfilou no escuro. Houve tumulto porque, antes de ser anunciado que uma pessoa havia morrido, os membros da escola em desfile acharam que a falta de energia elétrica era boicote da escola anterior. Segundo o presidente da escola de samba Vitória Régia, Darlan Braga, as quatro pessoas que estavam no pronto-socorro 28 de agosto retornaram às suas casas no início da tarde deste Domingo. "Roberto estava na escola já há 17 dos 30 anos da Vitória Régia, foi uma perda muito triste", disse Braga. Segundo a assessoria da Polícia Militar do Amazonas, até este domingo seis pessoas morreram durante festas de Carnaval e outras 4 em acidentes de trânsito nas ruas da capital amazonense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.