Fontana diz que Serra deveria ser investigado por fraude

O líder do PT na Câmara, Henrique Fontana (RS), afirmou que o candidato do PSDB ao governo de São Paulo e ex-ministro da Saúde, José Serra, deveria ser investigado no caso do esquema de compra super faturada de ambulâncias com recursos do orçamento da União, conhecido por esquema dos Sanguessugas. "A máfia foi fundada no período Serra, operou livremente e nenhuma investigação foi iniciada por Sera nem pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. O Serra não viu nada?" , disse Fontana. O petista citou um trecho do depoimento de um dos donos da Planan à Polícia Federal no qual afirmava que nos meses de julho, agosto e setembro de 2002 a empresa entregou cem ambulâncias sem o respectivo recebimento do pagamento mas confiando que após as eleições receberia o dinheiro. "Isso demonstra o grau de confiança que ele tinha no governo e no ministro Serra", comentou. Fontana disse ainda que a investigação do esquema de fraudes foi iniciada pelo então ministro Humberto Costa, já no governo Lula.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.