Foragido, membro do PCC é preso

Com 10 metros de ficha criminal, Jairo da Silva Paula, de 54 anos, foi preso no Guarujá por uso de documento falso e receptação de automóveis. Considerado cofundador do Primeiro Comando da Capital (PCC), Paula ficou preso por 19 anos e, desde janeiro de 2007, era foragido. Ele foi encontrado após três meses de investigação para desbaratar quadrilha de venda de carro furtado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.