Foram dadas 229 exceções; em 1/3 das recusas, sugeriu-se mudar o itinerário

A Secretaria Municipal dos Transportes (SMT) concedeu 229 autorizações especiais para ônibus fretados circularem na Zona de Máxima Restrição de Fretados (ZMRF), que entra em vigor na segunda-feira. O número corresponde a 63,3% do total de solicitações feitas entre sexta-feira e ontem ao meio-dia. A SMT não divulgou quantos ônibus foram beneficiados, tendo em vista que uma autorização pode ser emitida para mais de um veículo. Os responsáveis pelos veículos terão agora cinco dias para providenciar a documentação necessária e provar que contam com um local próprio para embarque e desembarque dentro da ZMRF, sendo que os endereços informados serão visitados por fiscais da Prefeitura. Os pedidos também contemplaram permissão para fretados circularem nessa área por se tratarem de transporte para eventos religiosos e educacionais, por exemplo. Segundo a SMT, em 36,7% das solicitações recusadas foi constatado que o ônibus fretados poderiam cumprir a viagem com mudanças de itinerário, para não passar na ZMRF. Os demais foram porque os veículos estavam irregulares no cadastro do Município ou por não preencheram os requisitos. Um deles, por exemplo, tentou burlar as regras, afirmando que faria o transporte de pessoas de um seminário - no entanto, o evento teria a duração de um ano.

Renato Machado, O Estadao de S.Paulo

25 Julho 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.