Força de Pacificação toma o Morro da Caixa D'Agua no Rio após confronto

Doze militares faziam patrulhamento de rotina na comunidade quando foram atacados a tiros

estadão.com.br,

25 Novembro 2011 | 00h43

SÃO PAULO - Um efetivo de cerca de 200 militares do Exército, membros da Força de Pacificação, tomou o Morro da Caixa D'Água, no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, na noite de quinta-feira, 24, após um confronto de alguns dos militares com traficantes.

 

No tiroteio, o soldado Leandro Eduardo dos Santos, de 20 anos, foi atingido por um tiro de pistola no braço direito. Ele participava de um patrulhamento de rotina na comunidade com outros 11 militares quando ocorreu um ataque a tiros. Os disparos partiram de uma viela.

 

O soldado foi levado para o Hospital Central do Exército, em Triagem, também na zona norte. Os militares permanecem no morro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.