Força Nacional encerra resgates

Cerca de 400 vítimas de enchentes e deslizamentos foram socorridas

Júlio Castro, FLORIANÓPOLIS, O Estadao de S.Paulo

10 de dezembro de 2008 | 00h00

Depois de 11 dias de atuação no resgate de pessoas em áreas isoladas de várias cidades, incluindo Itajaí, Gaspar, Blumenau, Jaraguá do Sul, Ilhota e Luiz Alves, os 45 integrantes da Força Nacional de Segurança deixaram ontem Santa Catarina e retornaram para Brasília. Eles ajudaram em cerca de 400 resgates. Especialistas em operações de salvamento do Corpo de Bombeiros tiveram ainda ajuda de 12 cães farejadores.Durante uma das operações, uma equipe foi atingida por um deslizamento de terra no limite de Luiz Alves e Ilhota, no dia 30 de novembro. Um dos integrantes da Força Nacional permanece internado, mas não corre risco de morte. As equipes da Aeronáutica, Exército e Marinha permanecem na região.Depois de 17 dias interditada em vários pontos por causa de quedas de barreiras e deslizamentos, a BR-470 foi liberada totalmente no fi,m da tarde de ontem. A rodovia está à margem do Rio Itajaí, região mais atingida pela chuva que causou a morte de 123 pessoas - 29 ainda permanecem desaparecidas. A BR-470 liga o litoral ao oeste do Estado.Na SC-401, rodovia que liga o centro de Florianópolis ao norte da Ilha de Santa Catarina, o trânsito fluía por apenas uma pista desde domingo no km 14. Ontem a estrada foi interditada totalmente, com a volta da chuva. Outras 10 das 15 rodovias atingidas permanecem apenas com trânsito de veículos leves. ANIMAISMais de 1.500 animais mortos nas enchentes já foram enterrados. O balanço foi apresentado ontem pela Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola do Estado (Cidasc). Os técnicos da Cidasc recomendam que os animais de pequeno porte sejam colocados em sacos plásticos e encaminhados aos aterros sanitários. Os de grande porte devem ser enterrados apenas pelos veterinários em valas com profundidade de 2 metros, cobertos com cal e terra.ABASTECIMENTOA Transportadora Brasileira Gasoduto Bolívia-Brasil S.A. (TBG) informou que o transporte de gás natural para Santa Catarina e Rio Grande do Sul seria restabelecido às 18 horas de ontem. O fornecimento do combustível foi interrompido por causa de deslizamentos em Gaspar. A TBG volta a entregar diariamente 2,6 milhões de metros cúbicos de gás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.