REUTERS/Paulo Whitaker
REUTERS/Paulo Whitaker

Forças Armadas assumem controle dos órgãos de segurança do Espírito Santo

Segundo o Ministério da Defesa, essa transferência faz parte da burocracia necessária para o envio de tropas federais

Fábio Grellet, O Estado de S. Paulo

08 Fevereiro 2017 | 17h07

RIO - O governo do Espírito Santo publicou na edição desta quarta-feira, 8, do Diário Oficial do Estado decreto que transfere o controle operacional dos órgãos de segurança pública estadual para o general de brigada Adilson Carlos Katibe, responsável pela força-tarefa que atua no Estado desde a última segunda-feira, 6.

Segundo o Ministério da Defesa, essa transferência faz parte da burocracia necessária para o envio de tropas federais - desde segunda-feira agentes das Forças Armadas e da Força Nacional de Segurança estão nas cidades capixabas para substituir os policiais militares, que no último final de semana iniciaram um motim.

Conforme a assessoria de imprensa da pasta da Defesa, procedimento semelhante foi adotado em todas as outras ocasiões em que houve envio de tropas federais - por exemplo, durante a Olimpíada e Paralimpíada no Rio, no ano passado, e no Amazonas e em Roraima, neste ano.

Pelo menos até o dia 16, o comandante das forças públicas de segurança no Estado do Espírito Santo passa a ser Katibe, responsável pelas operações das Forças Armadas para a Garantia da Lei e da Ordem nos municípios capixabas. Essa situação pode ser estendida para além do dia 16. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.