Forças Armadas fazem segredo sobre ação no Rio

O sigilo em torno das operações durante o carnaval é a estratégia das Forças Armadas para garantir a tranqüilidade no Rio. O oficial de Comunicação Social do Comando Militar do Leste (CML), coronel Ivan Cosme de Oliveira Pinheiro, não divulgou quantos militares farão parte da "Operação Guanabara", que envolve Marinha, Exército e Aeronáutica e está sendo desecadeada hoje.Ele também não informou qual será a atribuição das Forças Amadas nem onde os militares agirão. A coordenação das ações é do Centro de Operações de Segurança Integrada (Cosi), sediado no CML, e composto por representantes das três forças e das Polícias Federal, Rodoviária Federal, Militar e Civil, além da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e da Gurada Municipal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.