Fortaleza decreta situação de emergência por conta das chuvas

No Ceará, são 81 cidades nesta situação; Estado tem 25.935 pessoas desabrigadas e 38.187 pessoas desalojadas

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

19 de maio de 2009 | 12h06

A Prefeitura de Fortaleza, no Ceará, decretou nesta terça-feira, 19, situação de emergência em consequência das chuvas que atingem o Estado. A decisão foi tomada entre a prefeita Luizianne Lins e o secretariado da Prefeitura Municipal de Fortaleza e visa facilitar a busca de recursos junto aos governos estadual e federal no período de chuvas.

 

De acordo com o procurador-geral do Município, Martonio Mont'Alverrne, o decreto oficial deve ser feito nos próximos dias. "A decisão teve por base os diagnósticos realizados pelas secretarias. As áreas de saúde, habitação, infraestrutura e assistência social precisam ser reforçadas neste momento", disse.

 

O procurador mencionou ainda o fato de Fortaleza receber grande numero de desabrigados vindos de cidades do interior do Estado, região que também sofre por causa das enchentes.

 

Em todo o Estado, 81 municípios já decretaram situação de emergência por conta das chuvas, deixando 25.935 pessoas desabrigadas e 38.187 pessoas desalojadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.