Fortaleza: polícia investiga suposto derrame de dólares falsos

Glediciane Sousa dos Santos, de 22 anos, está presa na Superintendência da Polícia Federal no Ceará, depois de tentar trocar uma nota de US$ 100 falsa no caixa da boate "Dom Ângelo", localizada na Praia de Iracema, em Fortaleza. Identificada pela polícia como garota de programa, ela foi presa em flagrante ontem de madrugada. Além da nota queela tentava trocar, de acordo com a polícia, Glediciane tinha outras sete. Ela foi autuada por crime de moeda falsa, cuja penavaria de três a 12 anos de prisão. Em depoimento informal, Glediciane teria confessado o crime e dito que havia pago R$ 20 por cada uma das oito notas de US$ 100 falsas. Já na PF, quando foi lavrado o flagrante, ela mudou a versão e alegou ter recebido os dólares de um turista estrangeiro como pagamento por um programa. A partir da prisão dela, a PF abriu inquérito para investigar um suposto esquema de derrame de moeda estrangeira na capital cearense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.