Forte chuva castiga região metropolitana de Belo Horizonte

Bombeiros registram queda de árvores, desabamentos, destelhamentos, inundações e carros arrastados

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

27 de novembro de 2007 | 14h01

Uma forte chuva provocou, na noite de segunda-feira, 26, inundações, quedas de árvores e desabamentos na região metropolitana de Belo Horizonte. Duas horas de uma tromba d'água trouxeram graves problemas para a capital mineira e municípios vizinhos. Os bombeiros registraram a queda de 37 árvores, quatro desabamentos, destelhamentos de casas, inundações e carros arrastados pelas águas. Na avenida Silviano Brandão, no Horto, a água chegou a dois metros de altura: dois carros de passeio e um ônibus municipal ficaram ilhados. Os ocupantes dos veículos e cerca de 40 passageiros do coletivo tiveram de ser retirados pelos bombeiros; ninguém se feriu. O muro de uma obra desabou no bairro Esplanada e atingiu Natália Andrade Coelho, de 23 anos, que passava pelo local e sofreu fratura em uma perna. Ocorreram desabamentos e destelhamentos de casas em Contagem e Ibirité, na região metropolitana, mas sem registro de vítimas. Em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, o temporal durou apenas 20 minutos, mas o vento destelhou casas e as fortes enxurradas arrastaram carros.

Mais conteúdo sobre:
ChuvaBelo Horizonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.