Forte chuva deixa São Paulo em estado de atenção

A forte chuva que caía no meio da tarde deste domingo, 25, em São Paulo, fez com que o Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura decretasse estado de atenção nas zonas norte, leste, oeste, sudeste, centro e na Marginal do Tietê e do Pinheiros. Apenas a zona sul estava em estado de observação. Até às 16 horas, a cidade tinha nove pontos de alagamento, sendo três deles intransitáveis. Um deles era a Avenida Tiradentes na faixa para quem segue para a zona norte, na altura da Avenida do Estado. O motorista também não conseguia passar na Avenida Alcântara Machado, no acesso ao viaduto Guadalajara, em ambos os sentidos. Também era intransitável Rua Alfredo Guedes, na altura do número 113, no sentido centro/bairro. Esta última conta também com outro ponto de alagamento, embora transitável. Outros pontos de alagamento transitáveis: Avenida Zaki Narchi (zona norte), no sentido centro/bairro; praça Roosevelt (centro), em ambos os sentidos; e praça Panamericana (zona oeste, na Lapa), na altura da Avenida Pedroso de Moraes. A Marginal do Tietê tinha dois pontos de alagamento transitáveis: sentido centro/bairro a 50 metros antes da Ponte dos Remédios e a 50 metros antes da ponte Atílio Fontana. A Defesa Civil de São Paulo registrou um desabamento, sem vítimas, da laje de uma construção. O acidente, ocorrido devido à forte chuva, ocorreu na Rua Desembargador Galvão, no Jaçanã, na região da zona norte. Esta matéria foi atualizada às 16h18.

Agencia Estado,

25 Fevereiro 2007 | 15h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.