Fortuna em diamantes encontrada com doleiros

A Polícia Federal apresentou, nesta terça-feira, as pedras preciosas e semi-preciosas apreendidas com os detidos pela Operação Farol da Colina, na semana passada. Entre as 2.144 pedras, 11 são diamantes com aproximadamente meio centímetro de diâmetro que, se forem verdadeiros, valem uma verdadeira fortuna.Os diamantes foram encontrados com os empresários Gilberto Benzecry, Carlos Cortez e Manoel Cortez. Segundo a perita Sara Lenharo, o valor das pedras somente será conhecido após análise técnica."Esse tipo de pedra tem muitas variantes. E, além disso, existe a possibilidade de eles serem falsos", admitiu.Os diamantes encontrados fazem parte de 15 lotes de pedras preciosas apreendidos na Cortez Câmbio e Turismo e na casa do empresário Gilberto Benzecry. Eles estavam entre ametistas, topázios, rubis e outras pedras de menor valor comercial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.