Fotomontagem de capa da Playboy faz Heloísa chorar no Senado

Sentada na cadeira do presidente do Senado, a senadora Heloísa Helena (PSOL-AL) protagonizou uma cena inusitada no plenário. Chorando, protestou contra a montagem de uma capa da revista Playboy com sua foto, exibida pelo site Kibe Loco, e chamou de "vagabundo" o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Não me atemorizo nem um pouco. Sei o tipo de cartinha vagabunda dos vagabundos do PT que tenho recebido por causa dessa história de não declarar apoio ao vagabundo do presidente da República", disse, ao presidir a sessão.Heloísa chegou irritada ao Senado e, de pronto, assumiu a presidência da sessão. O assunto foi levado pelo senador Antero Paes de Barros (PSDB-MT) e a cópia da foto circulou em uma roda de senadores. "Só se eu fosse uma mulher vagabunda, uma mãe vagabunda para olhar para uma montagem horrorosa como aquela, como se eu estivesse nua na capa da Playboy e me achasse bonitinha", reagiu, já chorando.A senadora disse ser uma mulher "digna, uma mãe de família exemplar e jamais olharia para uma montagem horrorosa como aquela", continuou. "A matéria do jornal ainda dá detalhes de calcinha e não sei mais o quê. Sei o quanto de machismo há e de outros preconceitos, porque, se fosse a esposa de um senador, a filha de um senador, o presidente da República, não sairia. Disso, tenho absoluta convicção".Apesar de ter chamado Lula de "vagabundo", Heloísa Helena não responsabilizou diretamente o PT pela montagem, apenas levantou suspeitas. "Sei o que estou passando. Sei que existem pessoas honestas e maravilhosas dentro do PT, por quem tenho carinho e respeito, mas sei também quem são os vigaristas que estão por lá", disparou. A senadora recebeu solidariedade de vários senadores do PSDB e do PFL. Na montagem, ela aparece com tatuagem do PT na barriga e veste uma calcinha vermelha com a sigla de seu partido e ironiza o fato de andar sempre de blusa branca. "Finalmente tiramos a camisa branca de Heloísa Helena", brinca o site.

Agencia Estado,

11 de outubro de 2006 | 19h52

Tudo o que sabemos sobre:
eleiçõeseleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.