Fotos de brasileiro morto na Espanha ajudam investigação

As últimas fotos registradas na câmera de Gilbert Janeri são de 8 de março

Gabriela Vieira, Agência Estado

03 Abril 2013 | 13h17

Fotos da câmera do executivo Gilbert Janeri, encontrado morto em uma das trilhas do Caminho de Santiago, Espanha, divulgadas nesta quarta-feira (3), ajudam a família e autoridades a compreender melhor o que pode ter ocorrido durante a peregrinação. O último contato do executivo com a família, feito por e-mail, no dia 6 de março levava à hipótese de que Janeri teria morrido no dia seguinte (7). No entanto, as últimas fotos encontradas são de 8 de março.

Segundo Eliane Garcia, prima do executivo, tanto os familiares como a polícia espanhola acreditam que um enfarte tenha provocado a morte de Janeri. "Ele se preparava e treinava para viagem há cerca de quatro meses, mas é impossível dizer ao certo o que pode ter acontecido". O corpo do executivo foi encontrado por um guarda florestal somente no dia 22 de março.

A cerimônia de cremação está marcada para o próximo sábado (6), após o resultado do exame de DNA que sairá nesta sexta-feira. Os familiares de Janeri levarão as cinzas pelo caminho que o executivo pretendia fazer e serão espalhadas junto a Cruz de Ferro, em Santiago de Compostela.

Mais conteúdo sobre:
brasileiro morte Espanha fotos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.