Francesa é presa com cocaína em aeroporto do Rio Grande do Norte

Ela afirma que foi contratada por um desconhecido para transportar a droga

Solange Spigliatti, estadão.com.br

12 Agosto 2011 | 11h55

SÃO PAULO - Uma francesa de 24 anos foi presa na madrugada desta sexta-feira, 12, no Aeroporto Internacional Augusto Severo, em Parnamirim, região metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte. A operadora de telemarketing francesa transportava 5,2 kg de cocaína em sua bagagem e tentava embarcar em um voo para Lisboa, Portugal.

 

A ação aconteceu quando os policiais federais, em trabalho de rotina, entrevistavam a estrangeira. A bagagem da mulher foi submetida ao aparelho de raios X quando apresentou uma coloração diferenciada. Era cocaína e estava escondida dentro de dois grandes invólucros plásticos nas laterais externas de duas malas.

 

A acusada, que reside em Marseille, França, declarou que foi contratada em seu país por um desconhecido para se deslocar até Natal e aqui pegar a droga, que deveria ser entregue na cidade de Bamako, capital do Mali, na África. Ela disse ainda que recebeu a cocaína das mãos de um homem, que também não conhece, já devidamente camuflada nas malas em um hotel da praia de Ponta Negra, na zona sul de Natal. Se tivesse chegado ao destino com a droga ela afirmou que receberia 10 mil euros de gratificação.

 

A francesa, que possui antecedentes criminais e estava proibida de deixar o seu país, encontra-se custodiada nas dependências da Polícia Federal. Durante o dia de hoje será transferida para o Centro de Detenção Provisória de Parnamirim, onde deverá permanecer à disposição da Justiça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.