Frente fria traz possibilidade de mais chuva em São Paulo

Depois de dias quentes e secos, uma frente fria conseguiu vencer o bloqueio atmosférico da grande massa de ar quente sobre o Sudeste e trouxe chuvas e trovoadas para São Paulo na tarde de hoje, refrescando o tempo e melhorando a qualidade do ar.Segundo o meteorologista da empresa Climatempo Alexandre Nascimento, essa frente fria deixa o tempo carregado a partir da manhã de amanhã, no centro-oeste e no sul do Estado. Nas outras áreas, incluindo a região metropolitana, muitas nuvens, com períodos de sol e pancadas de chuva a partir da tarde. Há risco de temporais. O tempo segue abafado, com temperaturas entre 21 e 31 graus na faixa leste, entre a Grande São Paulo e as praias. Na quarta-feira, dia do aniversário da cidade de São Paulo, a frente fria avança para o Rio de Janeiro e o sol aparece entre muitas nuvens em quase todas as regiões paulistas, com pancadas de chuva à tarde e à noite. Apenas o Vale do Ribeira fica chuvoso. As temperaturas continuam estáveis.Na quinta-feira, uma nova frente fria traz mais áreas de instabilidade para o Estado de São Paulo. A previsão da Climatempo é de bastante chuva e de temperaturas em declínio. Na capital, a mínima prevista para sexta-feira é de 19 graus, com máxima de 25 graus.Hoje, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou mínima de 22,5 e máxima de 29,9 graus, com 85% de umidade relativa do ar às 16 horas, no Mirante de Santana, na zona norte. Em janeiro, a média das mínimas é de 18,5 graus e, das máximas, de 27,6 graus. O índice histórico de chuva é de 253,9 milímetros e, às 10 horas, o acumulado somava 225,4 milímetros. De acordo com a Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb), antes da chuvarada na Grande São Paulo, as regiões do Ibirapuera, Freguesia do Ó, Parque D. Pedro, Pinheiros, Santana, Santo Amaro, São Caetano e Diadema apresentaram qualidade do ar inadequada por alta concentração de ozônio. O ar esteve bom em Congonhas, Mauá, Osasco, Taboão da Serra, São Bernardo e centro de Santo André. As outras estações da Cetesb tiveram qualidade regular.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.