Frente fria traz umidade e reduz temperaturas no Centro-Oeste

Região vem sofrendo com focos de incêndio em parques nacionais, causados pelo tempo seco

Solange Spigliatti, estadão.com.br

13 de agosto de 2010 | 14h25

Bombeiros combatem queimada na área do Palácio Paiguás, em MT. Foto: Meneguini/Secom

 

SÃO PAULO - Uma frente fria que chega do sul do país vai trazer alívio para parte da região Centro-Oeste do Brasil, que vem sofrendo com inúmeros focos de queimadas e incêndios em parques nacionais, provocados pelo predomínio do tempo seco que marca a estação de inverno, segundo a Climatempo.

 

Nesta sexta-feira, 13, a influência da frente fria já pôde ser sentida por todo o Mato Grosso do Sul e no sul de Mato Grosso. A temperatura caiu de forma significativa. Em Cuiabá, a temperatura ontem às 11 horas da manhã estava em 33ºC. Hoje, neste mesmo horário, estava em 27ºC. Em Campo Grande, a temperatura ontem às 11 horas era de 29ºC e hoje, neste mesmo horário, era de apenas 17ºC.

 

No sábado, a temperatura vai cair mais nestas áreas e a previsão é de céu nublado com condições de chuviscos em quase todo o Mato Grosso do Sul e no sul de Mato Grosso. No sul de Mato Grosso do Sul, o tempo já fica aberto, mas com temperatura baixíssima podendo haver formação de geada ao amanhecer.

 

Umidade. Segundo os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta semana, a temperatura máxima em Campo Grande ficou em torno de 33ºC e a menor umidade registrada foi na quarta-feira, 11, com apenas 16%. Em Cuiabá, no mesmo período, a temperatura máxima ficou em torno de 37ºC, com menor umidade de 29% registradas na terça, 10, e na quinta-feira, 12.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.