Frentista é arrastado por carro de ladrões em assalto

Um assalto chocou na noite desta segunda-feira: Milton da Silva Vidal, de 30 anos, frentista de um posto na Avenida Ayrton Senna, na entrada de Praia Grande, cidade do litoral paulista, foi arrastado num percurso de 500 metros por dois assaltantes que estavam num Fusca amarelo.Eles abasteceram o carro, e, na hora de pagar a conta, o passageiro do veículo puxou a mãode Milton para dentro da janela, prendendo-a, enquanto o motorista saía com o carro.Milton da Silva Vidal foi arrastado até a ponte sobre o Mar Pequeno, e os ladrões queriam o dinheiro que ele teria no bolso. Quando se convenceram de que não conseguiriam roubar o frentista, soltaram Milton na pista.Socorrido por pescadores, o frentista foi conduzido à Santa Casa, para tratar de ferimentos nos pés, braços e nas pernas. Milton disse que os marginais riram de sua situação. "Pensei que ia morrer na mão deles", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.