Frio continua até quarta e calor volta no feriado em SP

O inverno finalmente chegou a São Paulo após a passagem de uma forte massa de ar polar que provoca a queda de temperatura no Estado desde esta segunda-feira, 4. A madrugada desta terça-feira, 5, foi uma das mais geladas no Estado. De acordo com medição feita pelo Instituto de Meteorologia (Inmet) no Mirante de Santana, na zona norte de São Paulo, foi registrada a temperatura mínima de 8,1 graus. Neste ano, a madrugada mais fria do ano foi registrada em 22 de agosto, com 7,7 graus.Depois de uma madrugada tão gelada, a capital amanheceu com apenas 8 graus. Em Presidente Prudente, a madrugada foi a mais fria do ano, com 5,9 graus. Em Araraquara, os termômetros marcaram somente 6 graus no início da manhã. Campos do Jordão amanheceu com 1 grau negativo. Em Avaré, a mínima chegou a 4,1 graus e em Franca, 8,4 graus. Sorocaba também teve a madrugada mais gelada do ano nesta terça-feira com mínima de 6,7 graus. De acordo com o meteorologista Alexandre Nascimento da agência Climatempo, a expectativa é que a madrugada desta quarta-feira, 6, seja a mais fria do ano. Nesta terça-feira, 5, apesar da presença do sol, a temperatura não deve subir muito. Na capital, os termômetros ficarão entre os 8 e os 19 graus. No litoral norte e no Vale do Paraíba, o dia será nublado e pode chuviscar. Já no interior paulista, o sol volta e a umidade relativa do ar poderá ficar abaixo de 30% nesta tarde, o que eleva o risco de novas suspensões na queima da palha da cana-de-açúcar para a colheita.Na quarta-feira, 6, o tempo não muda muito e a temperatura máxima deve chegar aos 20 graus na capital. O frio continua e há previsão de geadas em alguma áreas da Serra da Mantiqueira.Recorde de frio no RioO Rio de Janeiro teve a madrugada mais fria do ano. Segundo o Inmet, a mínima foi de 10,6 graus, no Alto da Boa Vista, na zona norte da cidade. O recorde anterior era de 10,7 graus no dia 31 de agosto.A previsão para esta terça-feira é de céu nublado e pancada de chuvas durante todo o dia. Apesar do mau tempo, os aeroportos Tom Jobim e Santos Dumont operam normalmente para pousos e decolagens, segundo a Infraero.Feriado com muito sol Apesar de todo o frio, de acordo com a previsão, a partir de quinta-feira, 7, a temperatura já começa a subir um pouco chegando aos 24 graus e o fim de semana prolongado deverá ser de bastante sol e temperaturas altas, em torno dos 29 graus, em todo o Estado de São Paulo a partir de sexta-feira, 8, uma boa notícia para os que pretendem viajar neste feriado.No Sul do País, onde as temperaturas também estão muito baixas, o sol deve reaparecer no feriado. A massa de ar polar perde força e o fim de semana terá bastante sol com o aumento rápido de temperaturas.Madrugada muito fria no SulEsta madrugada ainda foi bem fria no Sul do País. Em São Joaquim, em Santa Catarina, a madrugada registrou 5 graus negativos e chegou a nevar um pouco na cidade, que amanheceu com 3 graus negativos e é considerada a mais fria do País. A temperatura é a mais baixa para o mês de setembro nos últimos 16 anos na cidade.Em Urupema, cidade vizinha a São Joaquim e que concorre com o município pelo título de cidade mais fria do País, a mínima chegou a 5,5 graus negativos nesta madrugada. Nevou bastante na região que acumulou cerca de 5 a 10 centímetros de gelo. Em Florianópolis, a temperatura chegou a 3,1 graus negativos, a menor temperattura registrada na cidade desde 1980.No Rio Grande do Sul, geou forte em várias cidades. Em Vacaria, foi registrada a temperatura mínima de 4,5 graus negativos. As cidades de Gramado, Bom Jesus e Caxias do Sul também tiveram temperaturas abaixo de zero grau. Em Porto Alegre, fez apenas 4 graus no início da manhã.No Paraná, a cidade de Palmas, no sul do Estado, registrou 3,8 graus negativos, a menor temperatura do ano no Paraná. Curitiba amanheceu com 1,3 graus, a menor do ano na cidade. (Contribuiu Bruno Lousada)Matéria atualizada às 11h30 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.