Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Frio e chuva afastam turistas do Litoral Norte

Somente 25 mil carros desceram para a região; temperaturas baixas devem se estender até a próxima segunda

Simone Menocchi, de O Estado de S. Paulo,

25 de janeiro de 2008 | 14h00

A saída do paulistano para o feriado prolongado está sendo bastante tranqüila nesta sexta-feira, 25, aniversário de 454 anos de São Paulo. O tempo está nublado no litoral norte. O céu nublado, a garoa e as temperaturas em baixa – entre 19 e 25 graus– não são favoráveis para a ida à praia. Segundo o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos do INPE, o tempo chuvoso segue até segunda-feira. O mau tempo, inclusive, fez com que muita gente desistisse de passar o feriado na praia.   Veja também: São Paulo inicia comemoração dos 454 anos na quinta-feira 1,3 milhão de veículos devem sair da capital Obras na Castelo Branco congestionam marginais Ao vivo: sistema Castelo Branco-Raposo Tavares  Ao vivo: sistema Anhangüera-Bandeirantes Ao vivo: Rodovia Presidente Dutra  Ao vivo: estradas que dão acesso ao litoral    A expectativa era de 700 mil pessoas se dirigissem para o litoral norte de São Paulo, mas a queda no movimento já pode ser constatada nas estradas de acesso ao litoral. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, pelo menos cem mil veículos eram esperados para as cidades de Caraguatatuba, Ubatuba, Ilhabela e São Sebastião, mas até o início da tarde, somente 25 mil carros tinham descido a serra.   Apenas em alguns pontos das cidades de Caraguatatuba, Ubatuba e Ilhabela era possível notar um movimento maior, até por conta das férias de janeiro. Em Ubatuba, por exemplo, o volume de turistas ficou concentrado por volta das 12 horas em pontos como a Praia Grande e também no centro da cidade, o bairro Itaguá, local onde estão os restaurantes, shoppings, livrarias e cinemas.   "Estamos com 50 mil pessoas. O agravante também é que estamos a uma semana do Carnaval, quando as pessoas realmente vão viajar. Por isso Ubatuba está tranqüilo ", disse o secretário de turismo de Ubatuba, Luiz Felipe Azevedo.   Em São Sebastião, onde filas são esperadas para a travessia até Ilhabela, a situação era de normalidade no final da manhã desta sexta-feira. Segundo a Dersa, concessionária que administra a travessia, o tempo de espera nesta manhã não havia e os turistas ficaram, no máximo, quinze minutos à espera da passagem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.