Frio leva turistas a Campos do Jordão durante o feriado

A chegada de uma frente fria no Estado de São Paulo fez com que muitos turistas mudassem seu roteiro de viagem e trocassem as praias pelo clima ameno de Campos do Jordão, durante este feriado de 1º de maio. Com temperaturas oscilando entre 10 e 19 graus, a cidade, que completou 132 anos neste domingo, 29, estava com quase 90% dos hotéis ocupados. De sábado a domingo, mais de 22 mil carros subiram a serra. Até terça-feira, a expectativa da Polícia Rodoviária Estadual é que o número ultrapasse os 30 mil - uma média registrada em finais de semana durante a temporada de inverno. Com a cidade lotada, este feriado também se transformou num termômetro para os comerciantes, que já comemoram o grande movimento. Para eles, o feriado com dias quentes e noites frias, é uma prévia para a temporada de inverno. "Quando a frente fria foi anunciada ficamos animados, pois muitas pessoas iam para as praias e acabaram mudando seus planos", disse o comerciante Julio Maria dos Santos. Para o gerente da Cacau Brasil Campos Gelato, José Lourenço de Freitas Junior, a temporada de feriados mais frios começou agora. Segundo ele, num final de semana normal a loja recebe em média 400 pessoas. Neste domingo, ele esperava atender cerca de três mil visitantes. "O tempo está esfriando e a cidade está bombando", comemora. A vendedora da Malhas e Cia, Araí Aparecida Machado disse que desde o feriado de Páscoa a cidade não ficava tão lotada. "É um anúncio do sucesso que teremos com a chegada do inverno." E não eram só os comerciantes que comemoravam. Os turistas também aproveitaram o clima agradável para se divertirem nos bares, cafés, parques e lojas da cidade. "Não existe cidade mais gostosa para quem quer namorar. É perfeita", disse a química Ana Silvia Marques, 29 anos, que estava acompanhada do namorado, o irlandês Philip Carthy - que está há três meses no Brasil. Para eles, Campos é aconchegante e tem um charme especial mesmo para quem pretende ficar um dia. Adeptos do bate-e-volta, o casal Kenedy Flores e Queila de Cássia Vilela, que moram na região do Vale do Paraíba, pretendiam ficar na cidade apenas no domingo. "A cidade é tão gostosa que compensa vir, mesmo que seja para passar um dia." Maluf Já a família da professora Magda Walicek Gaspar pretendia aproveitar até o último dia do feriado. No sábado, eles foram conhecer a nova moda de Campos do Jordão, o "pastel do Maluf". Recheado de carne, tomate e ovo cozido, o "pastel do Maluf" promete ser umas das atrações gastronômicas da temporada de inverno. "Eu já tinha ouvido falar tanto nesse pastel que resolvemos experimentar. É muito bom mesmo", garante a professora Magda. O inventor do pastel, José Arimatea, dono da Pastelão dos Artistas, disse que o prato vai estrear este ano no festival de inverno. Segundo Arimatea, de cada 5 mil pastéis vendidos por dia neste feriado, mas da metade é do sabor Maluf. A invenção tem a ver com o pastel preferido do deputado federal Paulo Maluf - que visita a cidade freqüentemente. "E a moda pegou. Todo mundo quer provar o pastel do Maluf", comenta. Mas Campos promete até o dia 1º muitas outras novidades e uma diversidade de atrações para todas as idades. As crianças podem até brincar de "artistas do Circo de Soleil". Além de shows, exposições sobre o folclore brasileiro, os turistas também poderão acompanhar um festival de música sertaneja.

Agencia Estado,

29 Abril 2007 | 21h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.