Frio mata um catador de papel no Rio Grande do Sul

O segunda grande onda de frio de 2004 fez a terceira vítima do ano, nesta segunda-feira, em Passo Fundo. O catador de papel Cláudio Aldino Forster, de 49 anos, foi encontrado morto, ao amanhecer, na varanda de um galpão do bairro Boqueirão, onde costumava passar as noites. Ele estava deitado sobre um papelão, apenas com as roupas do corpo. A cidade da região do Planalto Gaúcho, no noroeste do Estado, teve temperatura de 2,2 graus durante a madrugada e geada considerada fraca pelo 8º Distrito de Meteorologia (Disme). O Departamento Médico Legal deve emitir nesta terça-feira o laudo informando a causa da morte. Na primeira onda de frio, há um mês, morreram o biscateiro Adelino Dias Pires, também em Passo Fundo, e o andarilho Artur Felício Polaczinski, em Porto Alegre. Embora não tenham chegado aos extremos de domingo, as temperaturas continuaram muito baixas hoje em todo o Rio Grande do Sul. Ao contrário das zonas altas, as regiões baixas tiveram madrugadas mais frias que as do dia anterior. Assim, a região metropolitana de Porto Alegre teve temperaturas de zero grau no aeroporto Salgado Filho, às 7 horas, e de 1,4 grau negativo no distrito de Lomba Grande, em São Leopoldo, segundo os registros da Rede de Estações de Climatologia Urbana. O mesmo serviço de meteorologia também verificou a temperatura mais baixa do dia, no Monte Negro, em São José dos Ausentes, onde uma estação de observação registrou 4,4 graus negativos durante a madrugada. A marca não chegou ao extremo de domingo, quando atingiu 6,8 graus negativos.O 8º Distrito de Meteorologia (Disme) apontou como a temperatura mínima do Estado os 2,4 graus negativos de Bom Jesus, na madrugada, e relatou a ocorrência de geada forte em Iraí, Uruguaiana, Santa Maria, Santana do Livramento, Campo Bom, Bagé e Pelotas.A massa de ar frio começou a se deslocar para o mar no final do dia. O 8º Disme prevê mudanças nas condições meteorológicas para esta terça-feira. A temperatura sobe, ficando entre seis e 25 graus, e o céu limpo dos últimos dias dá lugar às nuvens. Podem ocorrer pancadas de chuva e trovoadas durante o dia, situação que tende a perdurar até o próximo final de semana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.