Frustrada blitz contra feira ilegal de pescado em SP

Fiscais da Vigilância Sanitária e da Subprefeitura da Lapa realizaram na madrugada desta sexta-feira uma blitz na região do Ceagesp, em Vila Leopoldina, zona oeste da capital paulista, acompanhados de policiais civis e militares. O objetivo da ação era apreender cerca de 20 toneladas de pescado comercializada numa feira clandestina, porém nenhum comerciante havia aparecido. Acredita-se que houve vazamento de informação.De acordo com informações dos fiscais, a feira, ao contrário da existente no Ceagesp, pode estar vendendo peixes impróprios para o consumo. Além disso, segundo a Prefeitura, os comerciantes não possuem alvará para a atividade nem pagam as taxas e os impostos devidos.O que ocorre no entorno da Ceagesp é muito parecido com o que se vê na região da Rua Oriente, no Brás, região centro-leste da capital. Ambulantes não regularizados montam suas barracas praticamente todos os dias na famosa feirinha da madrugada e acabam sendo alvo da fiscalização municipal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.