Fuga de presos no interior paulista deixa um morto e um ferido

Cinqüenta dos oitenta presos recolhidos à cadeia pública de Igaraçu do Tietê fugiram neste domingo, pouco depois do meio-dia. Os detentos abandonaram duas celas e balearam o carcereiro Cosme dos Santos, que foi levado ao Hospital São José, de Barra Bonita. Um detento, até agora identificado apenas como Giovandro, foi encontrado morto dentro de uma das celas. Segundo policiais, ele estava preso por ter participado de uma tentativa de assalto a uma agência bancária de Dois Córregos, distante 30 quilômetros.Até o final da tarde a polícia informava ter recapturado 17 dos fugitivos e vasculhava a pequena cidade - de 30 mil habitantes - em busca dos demais.Construída nos anos 60, apenas para atender as necessidades locais, a cadeia de Igaraçu possui 48 vagas e recolhia 71 detentos, quando ocorreu a fuga. Desde que a Secretaria da Segurança Pública fechou a cadeia de Jaú todos os presos de mais de uma dezena de municípios são recolhidos em Barra Bonita e Igaraçu, as duas únicas cadeias que sobraram funcionando na região.As fugas e tentativas são freqüentes e levam medo às populações das duas cidades que são separadas apenas pelo rio Tietê.As condições em que aconteceu a fuga ainda não são conhecidas porque o carcereiro baleado ainda não foi ouvido pelo delegado Antonio Meneguel e demais policiais que agora estão empenhados na recaptura e em tranqüilizar a população. Já existem na cidade setores que protestam contra o recolhimento em seu território de criminosos de outras localidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.