Fugas de presos preocupam população de Salvador

Nesta semana, 39 detentos escaparam na região metropolitana; delegados culpam superlotação carcerária

Tiago Décimo,

06 de novembro de 2007 | 12h30

A população que vive próxima a delegacias de Salvador passa por medo constante por conta do alto número de fugas de presos. Neste ano, 14 fugas foram registradas na região metropolitana da capital baiana. Três delas, envolvendo 39 detentos, apenas entre domingo e segunda-feira, 5.  Para os delegados, o problema está na superlotação das carceragens - que não são feitas para abrigar criminosos condenados.  A Secretaria da Justiça, por outro lado, alega que não pode transferir os detentos para presídios porque estes também já sofrem com a superlotação.

Mais conteúdo sobre:
BahiaPreso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.