Funcionária de carreira, ela trabalha há 15 anos na Receita

Antonia Aparecida dos Santos Neves Silva, analista

, O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2010 | 00h00

Há 15 anos analista tributária da Receita, Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva é "servidora exemplar", segundo depoimento de auditores que com ela trabalharam ou tiveram contato durante o período em que exerceu a atividade de secretária-geral da Delegacia Sindical do SindiReceita em Santo André e São Bernardo. "Antonia é muito dedicada", disse João Jacques Silveira Pena, vice-presidente do SindiReceita.

Viúva, nascida no interior de São Paulo, ela se esforçou para chegar ao Fisco. "Ela batalhou muito", disse uma cunhada. Quando passou no concurso, Antonia morava em uma casa simples na periferia de Mauá, na Rua Pedro Marcondes Leite. Hoje reside em um apartamento na Avenida Rio Branco, em São Caetano do Sul.

Em maio deste ano, a servidora recebeu uma homenagem na Câmara Municipal de Mauá, em razão do Dia dos Contabilistas, comemorado no dia 25 de abril.

De acordo com o vereador Manoel Lopes (DEM), que sugeriu a sessão na Casa, o nome da servidora da Receita foi apenas citado. "Ela não falou nada, apenas teve o nome lido e recebeu um mimo da Câmara", declarou Lopes, que faz oposição ao PT na cidade.

O "mimo", disse o parlamentar, foi um vaso de flor. O nome de Antonia Aparecida teria sido sugerido por entidades ligadas aos contadores para constar da sessão solene.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em São Paulo informou que a analista tributária, sob suspeita de ter violado o sigilo do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, não é filiada a nenhum partido. / FAUSTO MACEDO, JULIA DUALIBI e MALU DELGADO

Homenagem

MANOEL LOPES VEREADOR DE MAUÁ (DEM), SOBRE HOMENAGEM QUE ANTONIA RECEBEU DA CÂMARA MUNICIPAL

"Ela não falou nada, apenas teve o nome lido e recebeu um mimo da Câmara"H

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.