Funcionário da Febem morre em Franco da Rocha

Uma funcionária do pronto-socorro do Complexo Hospitalar de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, acabou de confirmar que uma das vítimas da rebelião na unidade da Febem morreu. A funcionária disse que o nome da vítima é Renato e que foi ferido por arma de fogo. Submeteu-se a uma cirurgia, mas não resistiu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.