Funcionário da Petrobras é morto com tiros de fuzil

O funcionário da Petrobras, Vinicius Marques Pedro, 26 anos, foi assassinado com tiros de fuzil neste domingo quando passava com seu Golf prata em frente ao Clube dos subtenentes e sargentos da Aeronáutica, em Casacadura, zona norte. O grupo se preparava para realizar uma falsa blitz. Os homens estavam armados e ocupavam uma picape Dodge Dakota vermelha e uma motocicleta Honda Twister, roubadas em Madureira. Segundo policiais, Vinícius teria se assustado e tentado fugir, quando foi alvejado pelos bandidos. O tiro perfurou a porta direita do veículo, arrebentou a forração da porta e atingiu a vítima no tórax. Policiais do 9° Batalhão de Polícia Militar (Rocha Miranda) já haviam sido informado sobre o roubo da moto e seguiam para o local. Ao chegarem em Cascadura, os bandidos fugiram com o carro do rapaz baleado. Os policiais levaram Vinícius para o Hospital Carlos Chagas, na zona norte, mas o funcionário da estatal não resistiu e morreu logo depois.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.