Funcionários da CPTM suspendem greve prevista para terça

Os funcionários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) suspenderam a paralisação que estava marcada a partir da zero hora desta terça-feira, 17, de acordo com informações do Sindicato dos Ferroviários de São Paulo. A decisão foi tomada durante assembléia realizada no final da tarde desta segunda-feira, 16. Enquanto isso, fica mantido o estado de greve. Os trabalhadores reivindicam abono de R$ 2 mil, Ticket refeição no valor de R$ 16 e 10% de aumento salarial. Mais de 1,4 milhão de pessoas utilizam os trens da CPTM em dias úteis. A categoria havia decidido em assembléia no dia 5 de outubro entrar em greve a partir desta terça, mas uma liminar da CPTM obrigou o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) da 2ª região, a marcar uma audiência conciliatória na tarde desta segunda-feira, que terminou sem acordo. Com isso, o dissídio de greve dos ferroviários será julgado pela Seção Especializada em Dissídios Coletivos do TRT-SP. A juíza Vania Paranhos foi sorteada relatora do processo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.